Não é mais preciso digitar nosso nome de usuário, outra pessoa poderá nos procurar no Instagram e nos seguir. A nova dinâmica do Instagram, ao estilo Snapchat, propõe que possam nos seguir apenas escaneando nossa nametag com a câmera do aplicativo, como podemos ver na imagem:

Automaticamente, aparecerá o perfil que corresponde à etiqueta que escaneamos, com a opção para ver sua conta ou segui-la. Estas etiquetas de identificação podem ser personalizadas, com emojis, cores, stickers ou pode se optar por selfies.

Uma dinâmica simples e prática, que também pode ser implementada em serviços de mensagens ou redes sociais. Basta compartilhar a etiqueta e outras pessoas podem escaneá-la sempre que quiserem.

 

O Facebook anunciou uma importante mudança no feed de notícias, para melhorar a experiência de usuário e incentivar a interação nas publicações.

Facebook quer que a seção de notícias seja um espaço onde os usuários encontrem conteúdo que realmente interessa e que gerem conversas com o grupo de pessoas que são mais importantes.

Para potencializar esta dinâmica, anunciaram que se priorizará as publicações que pertencem a amigos e familiares, deixando em segundo plano o resto dos conteúdos. Quer dizer que as marcas, empresas ou meios terão menos espaço e relevância dentro do feed de notícias dos usuários.

Por isso, é possível que as empresas notem rapidamente uma diminuição no alcance das publicações compartilhadas, menos reproduções de vídeos, comentários, likes, etc. Sem dúvida, há um ponto que as marcas e os meios devem levar em conta. Aqueles conteúdos de valor que gerarem interação significativa terão mais possibilidades de ter um lugar seguro no feed.

As empresas que desejam seguir sendo relevantes para os usuários, talvez tenham que repensar sua estratégia de conteúdo. Por outro lado, os usuários terão a opção de assinalar que desejam visualizar as publicações das Páginas que seguem, mais uma ação que precisa ser destacada pelas empresas que desejam se manter no feed de seus fãs.

Quer saber mais sobre ações de marketing digital e como destacar sua marca na internet? Conte comigo!

Seu website tem de dois a cinco anos? Tudo funciona plenamente ou já tá assim “ meio capenga”? Você olha pro site do vizinho e acha que a grama do lado de lá é mais verde, que o layout é mais clean e que as informações são acessadas de forma mais intuitiva e rapidamente? Talvez esse seja o momento certo para dar uma analisada e repaginar a sua plataforma web.

A tecnologia avança bem rápido e acompanhar todas as novidades é realmente uma tarefa difícil. Dê uma olhada no visual, no sistema, nas funcionalidades e se coloque no lugar do cliente. Será que ele vai escolher seu site ao invés do concorrente? Ou você está perdendo vendas por estar com um site atrasado e pouco atrativo?

Confira abaixo 5 sinais de grande relevância na hora de identificar se seu site precisa de uma renovação:

1 – Idade do site

A remodelação e adequação recomendadas devem ser feitas a cada três anos, no máximo. Se você não se lembra quando foi a última vez que realizou uma remodelagem, pode ter certeza que está na hora de tomar essa ação. Outros fatores que apontam esse momento são elementos como: animação em flash, música automática, splash pages ou banners brilhantes.

2 – Seu site está com funcionalidades ineficientes

Seu design suporta as mudanças necessárias para alavancar as vendas online? Não? Então precisa investir em novos recursos, ferramentas e adaptações (inclusive na programação). Mas não esqueça: que talvez seja mais simples, econômico e viável investir em um novo site.

Funcionalidades para um site completo e objetivo

3 – A imagem e o conteúdo não condizem com a marca

Visualize o seu público-alvo e reflita se seus valores, produtos e características da marca. Tá tudo alinhado? É bem provável que não esteja. Com o passar do tempo, pequenas mudanças ocorrem constantemente e seu produto/serviço pode estar direcionado, no momento, a outro público que não era o original. Em relação ao site, ele precisa representar bem a sua marca. Caso contrário, você terá menos consumidores, prospects e seguidores. Adote novas ações e capriche no visual de acordo com a situação atual do seu produto/serviço.

4 – Seu site não é responsivo

Em tempos de Internet Mobile seu site precisa ser responsivo. As pessoas se conectam cada vez mais por dispositivos móveis como smartphones, tablets, entre outros. Um site antigo não se adéqua aos diferentes formatos de plataformas de maneira instantânea e eficiente, e é aí que você perde clientes. É praticamente obrigatório investir em um site responsivo. A outra opção é manter o antigo e investir em um novo. De qualquer forma, é preciso se adaptar a esta realidade.

5 – Não aparece bem no Google (e outros buscadores)

Se o seu site não conquistou as melhores posições em buscadores como o Google ou se ele nem aparece, isso é um problema de SEO. Invista em ajustes técnicos e conteúdo relevante e atraente (com atualizações constante); boas imagens (com leveza e qualidade) e vídeos interessantes . Esse tipo de ação já vai impulsionar o seu empreendimento no ambiente online. Escolha boas palavras-chave e otimize as páginas, e se tiver uma graninha; vale a pena contratar um profissional especializado. Adotar um blog dentro do site é um caminho prático e eficiente de fazer postagens bacanas, com rapidez e facilidade.

Então:

Se você identificou situações que costuma viver, é hora de mudar. Nem sempre é preciso começar do zero, apesar de que, muitas vezes, acaba saindo mais barato, rápido e fácil desenvolver um novo site que refazer tudo no antigo.

Se precisar de ajuda profissional, conte comigo! Estou pronto para ajudar você e sua empresa a gerarem mais negócios através da internet! 😉